3 livros que todo Community Manager deve ler

cultura estratégia inovação inspiração
3 livros que todo Community Manager deve ler

São diversos conteúdos livres na internet e distribuídos em artigos científicos sobre comportamento humano, modelos de negócios, marketing e economia, além de movimentos sociais.

 

Tenha em mente que estas recomendações básicas são básicas, ok? Em outro artigo vamos falar de livros mais profundos e específicos.

 

O Novo Poder - Henry Timms e Jeremy Heimans


A obra traz uma visão sobre os movimentos, o ativismo e as comunidades digitais e presencias com cases globais e reais.

Um livro que fala a partir da experiencia do seus autores (isso faz diferença nos fatos e ensinamentos apresentados).

Livro super inspirador para criar comunidades, especialmente para quem está começando.

 

 

Organizações Exponenciais - Ismail, Malone, Van Geest


Um livro muito recomendado no mundo da inovação e do empreendedorismo.

Por que eu o recomendo?

Por que Ismail Salim é o criador da Singularity e porque seu sócio e amigo, Peter Diamandis, montou o X Prize, que se baseia em modelos de comunidade e massa, então ele tem conhecimento do que funciona e do que não funciona.

É um livro para ter por perto e sempre consultar.

 

Tribos - Seth Godin

Este livro vai fazer você pensar - realmente pensar - sobre as oportunidades de mobilizar um público que já está ao seu alcance.

Já cansamos de falar por aqui, no blog da CM School, que é da natureza humana buscar tribos, sejam elas religiosas, étnicas, econômicas, políticas, etc.  A Internet + as redes sociais eliminaram quaisquer barreiras, então qualquer um pode pertencer a qualquer tribo a qualquer tempo.

Baita desafio para os líderes das comunidades, não acham?

Godin apresenta aqui as três etapas para a construção de uma tribo: o desejo de mudar as coisas, a capacidade de conectar uma tribo e a disposição para liderar.

Para te ser uma ideia, ele segue por essa linha:  “Multidões e tribos. Duas coisas diferentes: uma multidão é uma tribo sem líder. Uma multidão é uma tribo sem comunicação. A maioria das organizações gasta seu tempo fazendo marketing para a multidão. Organizações inteligentes reúnem a tribo. Multidões são interessantes e podem criar todos os tipos de artefatos e efeitos de mercado que valem a pena, mas as tribos duram mais e são mais eficazes. ”

 

  

 
Espero que você leia todos (ou pelo menos algum destes) e venha nos contar o que achou!
 
Emiliano Agazzoni
Emiliano é especialista em estratégias para comunidades e desenvolveu o primeiro curso e workshop sobre estratégias de comunidades do Brasil.
 

Receba nossa newsletter semanal