Carreira em Comunidade

gestão liderança vagas
Carreira em Comunidade

Que a carreira de Community Manager ainda é pouco conhecida e explorada no Brasil, todo mundo já sabe. Felizmente, dia após dia, cada vez mais empresas entendem a necessidade de criar um relacionamento genuíno com seu público e humanizar (de verdade) as marcas. Aquisição é apenas o primeiro passo. Sobre o que acontece depois... ah, isso tem muito a ver com as comunidades e seus gestores.

Se você já percebeu que é tendência do mercado encontrar profissionais preparados para trabalhar com comunidade, criando e gerenciando ambientes onde as pessoas se conectem e se sintam parte de algo maior do que elas mesmas, no texto de hoje você vai descobrir quais são as possibilidades de carreira para quem deseja atuar nesta função extraordinariamente importante (e cada vez mais valorizada) que é a do Community Manager.

Disclaimer importante: muitas das posições que vamos apresentar aqui ainda são novidades para as empresas brasileiras, mas já estão consolidadas nos EUA, país referência no assunto. Nosso objetivo é clarear essa trajetória para quem quer entrar na área e ainda não sabe que posições têm para galgar.

 

1. Associate Community Manager (ou Community Lead)

O cargo mais júnior dentro de uma comunidade que não exige grande experiência e habilidades. O Associate Community Manager é um executor, ou seja, é o profissional que ficará responsável por contribuir para que uma determinada estratégia da comunidade saia do papel. Para se encaixar bem na função, este profissional deve ser um excelente ouvinte e comunicador, já que, entre suas funções, a comunicação com os membros da comunidade é a principal delas.  

 

  • O que preciso saber para ser um Associate Community Manager?

Por ser um cargo que exige funções mais básicas, não é preciso ser um expert em comunidades. Inclusive, é uma ótima porta de entrada para quem quer começar a ter experiência com o tema. Você tem bastante energia, se comunica muito bem, gosta de ouvir e ajudar? Essa oportunidade pode ser sua!

 

  • Quando devo contratar um Associate Community Manager?

Se você já estruturou a área de Comunidade dentro da sua empresa, com um planejamento já montado e bem definido, contrate este profissional para executar tudo que você já estabeleceu. O Associate Community Manager terá funções como incentivar conversas na comunidade, responder mensagens dos membros, produzir conteúdos informativos, auxiliar em eventos/rituais, etc, mas sempre com o direcionamento de um profissional mais sênior.



2. Community Manager

O cargo mais popular em Comunidade e que muita gente acha que é o único. O Community Manager é o profissional responsável por gerenciar todas as atividades diárias da comunidade. São eles que analisam as métricas e trazem insights valiosos. Também ouvem as dores dos membros e, a partir daí, bolam iniciativas para ações, campanhas, conteúdos - tudo para resolver o que precisa ser resolvido dentro da comunidade.

 

  • O que preciso saber para ser um Community Manager?

Por ser um cargo que exige habilidade em diversas funções, normalmente é preciso ter experiência na área, que varia de 1 a 6 anos. Um Community Manager é responsável por rastrear dados de ações desenvolvidas, construir e gerenciar comunidades, promover engajamento entre os membros, gerenciar campanhas de e-mail e conteúdos, entre outras coisas. Tudo isso com base em experimentação, relatórios e métricas da sua comunidade. É preciso ser empático, extremamente comunicativo e também ter visão analítica. 

 

  • Quando devo contratar um Community Manager?

A partir do momento que você decide criar uma comunidade!
Se a área de Comunidade já é estruturada no seu negócio, certamente você já tem um CM. No entanto, vale a pena considerar que, apesar do título, existem vários níveis de Community Manager com diferenças significativas entre os anos de experiência no mercado. Um profissional com um ano de mercado, por exemplo, pode precisar da supervisão de um profissional mais experiente para definir as estratégias da comunidade, enquanto um CM mais experiente certamente tem condições de tocar sua rotina sem um supervisor.



3. Head of Community (ou Director of Community)

O Head of Community é o responsável por direcionar a área de Comunidade, integrando a comunidade à cultura e às estratégias da empresa. Hierarquicamente, este Head é o gestor dos CMs, responsável por montar e gerenciar seu time, ficando mais distante da operação e mais próximo dos diretores da empresa. Seu papel fundamental é trazer iniciativas para integrar a comunidade à cultura do negócio, mostrando, assim, o valor da comunidade para a marca (algo ainda infelizmente complicado de se fazer no Brasil). 

 

  • O que preciso saber para ser Head of Community?

Humanizar um negócio/marca é o principal objetivo de uma comunidade existir. O Head é o profissional responsável por acessar o C-level como o “porta-voz” da comunidade, sugerindo e trazendo mudanças que atendam às demandas que foram identificadas ali dentro. A comunidade pediu? A empresa deve atender. Ele é o verdadeiro líder da comunidade dentro da empresa. Para atuar nesta função, é necessário vivência e conhecimento profundo em comunidades, mas também em estratégia de negócios.

  • Quando devo contratar um Head of Community?

O Head of Community é o profissional que, a partir de relatórios da sua equipe, trará experiências da comunidade para alinhá-la à cultura da empresa. Ele irá desenvolver um trabalho integrado com os outros times da empresa, trazendo sugestões e insights para melhorias a partir da ótica da comunidade. É o Head que vai desenhar toda estratégia para, a partir daí, sua equipe trabalhar diariamente. À medida que o negócio cresce, ele vai redefinindo essas estratégias. 



4. Chief Community Officer

Com o cargo mais sênior em comunidade até aqui, o Chief Community Office é responsável pelo sucesso do negócio como um todo. É o profissional de Comunidade que tem poder absoluto para tomar decisões a partir do que entender ser o melhor para o seu negócio.

 

  • O que preciso saber para ser Chief Community Officer?

O Chief Community Officer é o topo de carreira de Comunidade e, por isso, exige em média 10 a 12 anos de experiência. Essa função é responsável por gerenciar uma equipe de comunidade muito bem estruturada, com vários níveis de membros dentro do time. 

 

  • Quando devo contratar um Chief Community Officer?

Se você já percebe o impacto positivo que a comunidade tem no crescimento da sua empresa, faz sentido ter um Chief Community Officer dentro dela. A função é indispensável em empresas que consideram a comunidade como parte essencial e direcional nos negócios. 



As posições são muitas e, apesar de semelhantes em alguns aspectos, se diferem muito nas responsabilidades, atribuições e no quanto a empresa está realmente comprometida em dar voz à comunidade, entendendo o poder que ela tem a favor dos negócios. 

Viu só quantas opções de carreira? E você aí, achando que Community Manager era a única opção de trabalho em comunidade. 😁 

 

 

 



Emiliano Agazzoni
Emiliano é especialista em estratégias para comunidades e desenvolveu o primeiro curso e workshop sobre estratégias de comunidades do Brasil.

 



Receba nossa newsletter semanal