CMX lança o relatório anual sobre a indústria de comunidades

dados estratégia futuro
CMX lança o relatório anual sobre a indústria de comunidades

2020 foi um ano crítico para o mundo dos negócios. As comunidades não ficaram fora disso. Veja o números das comunidades e líderes do mundo inteiro que participaram da pesquisa elaborada pelo CMX.

O CMX Community Industry Report revela que 62% das comunidades estão focando em escalar ao mesmo tempo que uma pesquisa realizada no canal CM Broadcast, no Telegram, mostra que apenas 22% dos profissionais está pensando em escalar suas comunidades, enquanto 44% quer melhorar a qualidade do
conteúdo e ativações e 30% ainda pretende lançar sua comunidade este ano.

Cresce o valor percebido pelas empresas

86% dos profissionais entrevistados pela pesquisa do CMX concordam que as suas empresas consideram que é importante a estratégia de comunidades para a missão final da empresa.

69% dessas organizações estão aumentado os investimentos no setor de gestão de comunidades e ajudando os Community Managers a crescer.

Aqui tem um dado super importante: 45% dos profissionais ainda tem dificuldade para mensurar o valor das suas comunidades. Ainda é um baita desafio...

Um dado super importante para 2021 é que 51% das comunidades vão continuar com propostas virtuais de eventos e rituais nos próximos anos.

Vejas as dicas que dei sobre como montar uma comunidade em 2021. Se ainda tiver dúvidas, veja o e-book sobre tendências para comunidades para a próxima década.

Quem participou da pesquisa

Foram 528 profissionais do mundo inteiro. Apenas 5 do Brasil :(

 



O perfil dos programas de comunidades

47% dos participantes responderam que gerenciam comunidades de clientes e 10% de desenvolvedores. Veja os demais perfis:

 

As comunidades estão amadurecendo

Em 2020, 42% dos participantes da pesquisa revelaram que têm comunidades há 5 anos. Este ano subiu para 49%. A pesquisa revela que essas comunidades continuam crescendo com o tempo e se fortalecendo enquanto comunidades de 3 anos de duração não mostraram crescimento e se mantiveram em 20%.



Os objetivos das comunidades

26% dos entrevistados declarou que suas comunidades têm como foco o suporte. Isso acompanha o crescimento nos últimos 2 anos de plataformas e canais de atendimento de suporte em conjunto com CS e CX para melhorar a experiência dos usuários e clientes dos produtos e serviços que a empresa comercializa.

24% falaram que o objetivo é engajar membros externos, mas ainda utilizam o canal de suporte e sucesso de cliente para atingir a meta.



A métrica mais popular

Membros ativos, sejam mensais, semanais e anuais, é a métrica que os Community Managers mais acompanham (65%). Novos membros, engajamento em conversar e número de participantes vem depois como métricas secundárias para mostrar valor e entregar reports para os diretores das empresas.


Fonte: CMX Hub 


Emiliano Agazzoni
Emiliano é especialista em estratégias para comunidades e desenvolveu o primeiro curso e workshop sobre estratégias de comunidades do Brasil.

 

Receba nossa newsletter semanal