Como contratar um Community Manager

gestão liderança planejamento vagas
Como contratar um Community Manager

Se você está começando ou expandindo sua comunidade, seja ela virtual ou não, deve estar prestes a contratar o melhor Community Manager para seus membros.

 

A gente sabe o que trabalho que dá construir uma comunidade do zero e também sabe que, para perder reputação e credibilidade, é rapidinho, portanto, ter a equipe certa é fundamental para a sua comunidade ganhar confiabilidade e deslanchar por aí.

O lance é que a função de Gerente de Comunidades é muito abrangente e pode contemplar muitas responsabilidades dependendo do setor e da empresa, por isso ter as respostas abaixo será o seu ponto de partida para começar o recrutamento.

Bora detalhar cada uma delas?

* Quais são todas as responsabilidades deste Community Manager?
* Quais tarefas ela terá que realizar semanalmente/mensalmente?
* Qual a importância desta posição para a organização/qual impacto no negócio ela vai trazer?
* Qual salário e plano de contratação você já tem aprovados para a vaga?
* Quais são as habilidades desejadas para esta posição?

Esta última avaliação é crítica, por isso, vamos detalhar aqui quais são as habilidades que não podem faltar num bom Community Manager.

Na maior parte das vezes, o papel de um Community Manager envolve ajudar a conectar a comunidade à marca. Eles atuam como embaixadores, promovem a confiança e constroem a personalidade da comunidade. Além disso, os Gerentes de Comunidade precisam ser um modelo para as ações e comportamentos são desejados que a comunidade tenha e execute.

Isso significa que você não pode simplesmente contratar qualquer pessoa interessada na sua marca para liderar sua comunidade. Você precisa de alguém que tenha um conjunto de habilidades específicas, então vamos às principais - aquelas que realmente não podem ser desconsideradas:

1. Mentalidade de growth

Priorizar iniciativas com potencial de crescimento e escala é algo que se espera de um bom Community Manager. É preciso pensar grande quando falamos de metas, mas, claro, celebrar todas as pequenas vitórias que acontecem no caminho e ajudam a dimensionar o impacto na comunidade.

2. Orientado por dados

A capacidade de medir o engajamento e os resultados ajuda a determinar o que está funcionando e o que precisa ser ajustado ou até cancelado. Mesmo que o seu Community Manager trabalhe com uma equipe analítica, é importante que ele se sinta à vontade para interpretar os dados e usá-los para tomar decisões.

Um Community Manager experiente sabe a importância que tem em ouvir sua comunidade, mas às vezes os dados revelam mais do que a opinião dos membros. Se o objetivo, por exemplo, é aumentar o time de Comunidade, os números vão dizer se é realmente necessário ou não.


Para ajudar você a descobrir se os candidatos são orientados por dados:

  • Preste atenção se eles incluem resultados e métricas nos exemplos que compartilham durante a entrevista.

  • Peça que eles comentem sobre um projeto ou ação que gerenciaram e como fizeram para medir os resultados.

A gente já escreveu aqui quais são os 7 passos para criar um job description e atrair Community Managers. Dá uma olhadinha - pode te ajudar bastante!

 

3. Empatia

Tão crucial quanto entender os dados, os Gerentes de Comunidade também devem se lembrar de que estão trabalhando com pessoas reais.

Empatia é uma qualidade que está presente em todo gerenciamento de comunidades. Essas comunidades podem ser compostas de muitos tipos de personalidades, e o Community Manager precisará entendê-las para se comunicar com elas de maneira eficaz. Eles precisam ver a marca a partir da perspectiva do público.

Para ajudar você a descobrir o quão empáticos os candidatos são:

  • Peça para ele escrever a (s) habilidade (s) e qualidades que o torna uma boa opção para esta função.

  • Pergunte “O que seus colegas atuais ou anteriores diriam sobre trabalhar com você?”

  • Pergunte: “Se você tivesse uma varinha mágica para mudar algo no mundo, o que seria?”.


4. Liderança

Um bom líder não fica apenas dando ordens para sua equipe. Não é aquele que faz microgerenciamento e nem fica em cima do time o tempo todo.

O Community Manager que inspira e é lembrado é aquele que exerce sua liderança sendo um exemplo de integridade, responsabilidade e determinação. Eles se colocam à disposição para dúvidas e assistência da sua equipe sempre que necessário.

Um verdadeiro líder é um jogador de equipe e faz o que precisa ser feito para liberar o caminho do seu time a fim de que eles possam se desenvolver e atuar com a devida autonomia.

Para ajudar você a descobrir as habilidades de liderança dos seus candidatos:

  • Pergunte “Quais são as três coisas que você mudaria na nossa comunidade atual?

  • Pergunte "Como você responderia a um comentário negativo sobre o produto na comunidade?”

  • Pergunte “O que você faria se a comunidade quisesse uma coisa e seu chefe quisesse outra que fosse diretamente contra isso?”

5. Comunicação

Qualquer excelente Community Manager é também um excelente comunicador com fortes habilidades pessoais.

Este profissional é a cara da sua marca. Você precisa de alguém que possa comunicar com eficácia a mensagem da marca ao seu público. Eles precisam escrever muito bem e se sentir à vontade para interagir com os membros.

Um bom Gerente de Comunidade é alguém que naturalmente pratica o networking.

Para ajudar você a descobrir as habilidades de comunicação dos seus candidatos:

  • Faça perguntas na linha de follow up. Quando eles responderem à uma pergunta sua, peça exemplos ou histórias.

 

Espero que você considere todos estes pontos antes de contratar o gerente da sua comunidade. Tenho certeza que ela merece o melhor profissional que está por aí, esperando pelo seu contato!

 

Matéria adaptada de CMX Hub.

 

Emiliano Agazzoni
Emiliano é especialista em estratégias para comunidades e desenvolveu o primeiro curso e workshop sobre estratégias de comunidades do Brasil. 

 

Receba nossa newsletter semanal