Como criar eventos virtuais que engajem seus membros

digital engajamento eventos
eventos virtuais que engajam

Poucas coisas são mais frustrantes para um Community Manager que preparar um evento online que simplesmente não engaja a comunidade. Se no presencial já não é fácil engajar as pessoas, imaginem o virtual, por isso trouxemos algumas dicas que vão ajudar você nessa tarefa árdua, pero muy especial!

 

São várias as distrações online - a gente já sabe. É o WhatsApp bombando, caixa de e-mail com mil recomendações/promoções, redes sociais apitando sem parar… Soma-se a isso as distrações offline que apareceram mais intensamente durante a pandemia e pronto, a competição é realmente grande.

Quando se trata de criar um evento online, é importante que você saiba que o empenho deve ser o mesmo que colocaria num evento presencial.

Por isso, fique ligado nas 7 dicas abaixo e mãos à obra:

 

1. Defina seu público

Seu público é que vai dizer para você como deve ser e acontecer seu evento.

As características e preferências da sua audiência serão o norte que você precisa para acertar no tipo de evento, data, horário, plataforma, linguagem, duração, etc.

Não adianta fazer seu evento no Zoom se você sabe, por exemplo, que seu público usa e prefere o Google Meet.

 

2. Resolva a dor do seu público

A dor da comunidade que será resolvida com este evento é a peça-chave e deve guiar você na estratégia e execução do seu evento.

Pergunte-se: “O que eu quero que o público tire deste evento e como faço para conseguir isso?”. Se você consegue responder à essa pergunta, então está no caminho certo. É a forma certa de começar.

 

3. Foque na comunicação e no branding

A comunicação deve ser bem feita e ter clareza desde a concepção até a divulgação.

Do lado do branding, como os eventos online são customizáveis, há inúmeras chances para trabalhar bem o branding ao mesmo tempo em que você destaca as atrações do evento.

Os eventos virtuais oferecem a oportunidade perfeita para fazer sua marca brilhar e você pode fazer isso:

  • usando o logo da empresa;

  • utilizando as fontes e cores da marca sempre que possível;

São coisas simples de se fazer, mas que ajudam a promover o reconhecimento da marca e fidelidade do seu público.

 

4. Divulgue com vontade

Com seu público-alvo em mente, decida quais serão os canais e formatos que você vai usar para alcançá-los.

Se você conhece bem sua comunidade (ops, deveria), sabe bem o que atrai a atenção deles no meio digital.


5. Ofereça suporte ao evento

Sabia que 86% dos clientes estão dispostos a pagar mais por uma ótima experiência e um atendimento melhor?.

Por isso, ter uma equipe disponível para ajudar durante o evento é essencial para o sucesso do seu evento virtual.

Isso significa que você deve garantir que cada membro da equipe esteja ciente de suas funções e responsabilidades antes do evento, além de conduzir vários testes para garantir que o tudo ocorra sem problemas.

Ah, ter um moderador para o evento também ajuda a melhorar a experiência do cliente, já que ele deve colabora para administrar sessões de perguntas e respostas, gerencia problemas inesperados, entre outras coisas.

 

6. Use recursos interativos

Além da voz e do chat, algumas plataformas de transmissão de vídeo permitem que o anfitrião e os participantes interajam de diversas outras maneiras, como por exemplo respondendo enquetes, quizz, pesquisas ao vivo e votando.

Experimente!

 

7. Crie a cultura do feedback

De nada adianta fazer um baita evento se você não sabe o que sua comunidade achou, o que poderia ter sido melhor, etc.

Criar essa cultura é essencial para todos da comunidade e os insights gerados vão ajudar você no seu próximo evento.

O resultado disso é que todos são ouvidos, os eventos vão melhorando e a comunidade agradece. ;)

 

Para fechar, uma dica especial…

Sempre que possível faça pausas entre as sessões para promover o engajamento e a interação entre os membros.

Quebrar um monólogo é sempre bom e você vai descobrir que as pessoas são mais propensas a perguntar em um evento virtual do que presencialmente.

Basta que você dê espaço para elas e pronto.

Em pouco tempo, você vai descobrir que estes intervalos naturais valem ouro (pra você e pra sua comunidade).

Nos vemos no próximo artigo :)

 

 

Emiliano Agazzoni
Emiliano é especialista em estratégias para comunidades e desenvolveu o primeiro curso e workshop sobre estratégias de comunidades do Brasil.

 

Receba nossa newsletter semanal