Como engajar sua comunidade em eventos presenciais

estratégia eventos planejamento
eventos presenciais

 

Pandemia, aumento no preço da gasolina, mil reuniões online todos os dias… esses são alguns dos motivos pelos quais as pessoas estão, cada vez mais, preferindo participar de eventos e encontros online ao invés de presencialmente.

 

Desde o início de 2020 as pessoas se acostumaram com a comodidade de poder fazer as coisas de maneira remota, ou seja, sem precisar sair de casa. Ao mesmo tempo que ficamos doidos para voltar a abraçar as pessoas, também entendemos que fazer as coisas do sofá de casa trazem um super conforto.

 

Pra tirar alguém de casa hoje é preciso entregar algo que realmente valha a pena. Ir além de um simples encontro cara a cara. Oferecer algo de valor que só terá acesso quem realmente estar ali, de corpo presente.

 

Por tudo isso, os Community Managers têm encontrado dificuldades em retomar os eventos presenciais.

 

Por isso, é importante que você, CM, se pergunte: como engajar participantes no meu evento através da experiência?

 

Imergir num ambiente em que é possível viver na prática assuntos sempre discutidos de forma online, que promova o networking e ainda ofereça sorteios e brindes ao som de muita música boa é uma experiência muito mais interessante se pensarmos num encontro virtual, concorda?

 

Todo Community Manager deve promover um espaço capaz de estimular quem participa, que os ajude a lembrar do evento e, quem sabe, até influenciar as pessoas do convívio pessoal/profissional a comparecerem nas próximas edições.

 

Se você quer fazer tudo isso, mas não sabe por onde começar, vamos te dar 5 dicas práticas.

 

 


O que é o meetup CM & Friends?

 

 

Bora lá?

 

1- Comece a falar cedo do seu evento

 

Parece óbvio, mas promover um evento com uma semana ou mesmo um mês de antecedência não vai gerar muito impacto.

As pessoas têm agendas cada vez mais disputadas e, por mais que seu evento seja incrível, a grande maioria das pessoas precisa se planejar para conseguir comparecer a todos os eventos que gostaria.

 

Então, programe-se com bastante antecedência e já deixe as pessoas cientes de que elas vão ter que se organizar para estar presentes. 

 

2- Apresente os benefícios 

 

Começar a falar cedo sobre o seu evento não quer dizer que vamos enlouquecer nossa comunidade batendo na cabeça deles com atualizações todos os dias durante meses a fio. 

 

Tente manter um equilíbrio entre as mensagens de vendas enfatizando os benefícios que sua comunidade receberá ao participar do evento.

 

Por que é realmente tão importante que cada um dos seus membros esteja lá?

 

E, o mais importante de tudo: que dor você vai sanar com este evento?

 

3- Varie seus conteúdos (e seus formatos)

 

Use uma combinação de posts no blog, vídeos e imagens para evitar que sua mensagem seja monótona. 

 

Compartilhe as mesmas informações em diferentes formatos porque as pessoas consomem informações de forma diferente. 

 

Tem gente que vê um vídeo e nunca mais se esquece. Outros precisam da newsletter pra deixar na caixa de entrada e lembrar de botar na agenda. Já alguns preferem ser impactados num grupo de WhatsApp, por exemplo.

 

Pra sua estratégia de conteúdo e divulgação do evento dar certo é fundamental que você conheça seu público. Já falamos sobre isso aqui.

 

4- Crie oportunidades para compartilhar

 

Seja uma cabine de fotos, uma mesa linda cheia de comida colorida ou uma decoração divertida, você vai querer criar fotos e momentos que são óbvios e fáceis para seus participantes compartilharem. 

 

Um evento que ocorreu em Nova Orleans, nos Estados Unidos, usou um desfile no estilo Mardi Gra, que é uma festa carnavalesca que ocorre todo o ano em Nova Orleans, para levar os participantes do hotel ao local do evento para uma recepção de abertura.

 

Isso resultou em uma quantidade incrível de fotos e compartilhamentos de vídeos online, que também foram reproduzidos de volta para a comunidade no evento através da exibição. 

 

Já vi eventos (inclusive jogos de futebol no Brasil) realizarem desfiles de cães que estão para adoção, por exemplo. Uma ideia linda, inclusive, para unir trabalho à uma ação social (todo mundo ama e adora compartilhar).

 

Outra ideia bacana é ter música ao vivo. Seja uma banda, um artista solo ou um DJ, música ao vivo é uma maneira gostosa de tirar as pessoas de casa. Lembre-se: se você conhece bem seu público (uma das primeiras tarefas de todo e qualquer CM), você vai saber que música combina com eles.

 

5- Ofereça recompensas

 

Quem não gosta de ganhar brindes e presentes, né? 

 

Ações como essa têm o poder de criar uma conexão especial com os participantes. Acredite, esse tipo de troca gera empatia e aproxima a marca dos membros da comunidade.

 

Mas, calma, a ideia aqui não é fazer sampling, sair distribuindo brindes para todo mundo e esperar que isso tenha um resultado efetivo. 

 

Pra engajar a galera do jeito certo você pode colocar em prática a ideia da “moeda de troca” pra galera que está lá no evento presencial. Como assim? 

 

Crie uma ação.

 

Por exemplo: você pode utilizar o Instagram. Quem postar uma foto no feed ou story marcando o evento e utilizar a hashtag pré-definida pode ganhar um copo exclusivo ou um kit personalizado. Lembre-se de calcular a parte do seu orçamento que pode ser destinada a essa ação do evento e pronto.

 

Essas são apenas algumas maneiras pra usar as plataformas digitais a fim de gerar atividade e emoção pra um evento online e, em seguida, impulsionar a participação e o engajamento no evento.

 

Veja também:

 

 

 

Receba nossa newsletter semanal