Comunidades B2B: o que são, como criar e exemplos

digital gestão liderança
carreira em comunidade

 

O mercado B2B tem crescido rapidamente nos últimos anos, impulsionado pela transformação digital. 

 

Com isso, as empresas estão buscando cada vez mais a eficiência e a redução de custos, e as comunidades B2B é uma forma de alcançar esses objetivos.

 

Nesse artigo você vai ver:

 

  1. O que significa B2B
  2. O que são as comunidades B2B
  3. Exemplos de comunidades B2B
  4. Por que a construção de uma comunidade B2B é importante
  5. O que devo fazer pra criar uma 

 

1 - O que significa B2B?

 

B2B é uma sigla em inglês que significa "Business-to-Business", ou seja, "Negócio para Negócio". Esse termo é utilizado para descrever transações comerciais entre empresas, onde uma empresa vende produtos ou serviços para outra empresa, em vez de vender diretamente para consumidores finais.

 

Agora, se referindo ao comércio online, o B2B se refere a transações comerciais que ocorrem entre empresas por meio de plataformas, Por exemplo: compra e venda de produtos físicos, como matérias-primas, maquinário, componentes eletrônicos, além de serviços como software, consultoria, marketing digital e muito mais.

 

A natureza do B2B é diferente do comércio B2C, onde as empresas vendem diretamente para o consumidor final. 

 

Em resumo, o B2B é uma forma de comércio entre empresas que envolve transações comerciais complexas e de alto valor, e é um segmento importante da economia global.

 

2 - O que são as comunidades B2B?

 

Comunidades B2B (Business-to-Business) são redes online ou híbridas formadas por empresas e profissionais que atuam em um determinado setor ou nicho de mercado. 

 

Essas comunidades são criadas com o objetivo de facilitar a troca de informações, compartilhamento de conhecimentos e networking entre empresas do mesmo ramo.

 

As comunidades B2B podem ser compostas por fornecedores, clientes, parceiros, concorrentes e outros stakeholders que desejam trocar informações relevantes para o setor em que atuam. 

 

Essas redes podem ser públicas ou privadas, sendo que as privadas costumam ser mais restritas e exigem a aprovação do administrador para a entrada de novos membros.

 

As comunidades B2B são uma forma eficiente de aumentar a visibilidade de uma empresa no mercado, conhecer tendências e novidades do setor, fazer networking com outros profissionais e buscar soluções para desafios comuns do mercado. 

 

Além disso, essas redes também podem ser utilizadas para a geração de leads, captação de novos clientes e fortalecimento da imagem da empresa.

 

3 - Exemplos de comunidades B2B

 

  • Salesforce Success Community

 

A Salesforce Success Community é uma comunidade B2B online para usuários e parceiros da Salesforce, fornecendo recursos, suporte e informações sobre produtos e serviços. 

 

 

Os membros podem se conectar com outros usuários, especialistas e líderes do setor para obter ajuda, insights e dicas de negócios.

 

  • HubSpot Community

 

A HubSpot Community é uma comunidade online para usuários e parceiros da HubSpot, um software de automação de marketing. 

 

 

A comunidade é uma fonte de informações, suporte e treinamento, onde os membros podem se conectar com outros usuários, compartilhar ideias e colaborar em projetos.

 

  • PipeLovers

 

Essa é uma comunidade online, nacional, para profissionais de vendas B2B.

 

A comunidade conta com um grupo no WhatsApp, uma plataforma de conteúdos sobre o tema, mentorias coletivas semanais e eventos. 

 

Passo a passo pra criar uma comunidade usando o WhatsApp Comunidades

 

Os membros podem ganhar visibilidade no mercado e ampliar sua rede de relacionamento na maior comunidade sobre vendas do Brasil.

 

4 - Por que a construção de uma comunidade B2B é importante?

 

Porque o crescimento liderado pela comunidade é o futuro do marketing B2B.

 

Comunidade é mais do que um lugar onde as pessoas se reúnem para aprender e compartilhar; é como as empresas B2B modernas constroem, crescem e criam usuários leais.

 

As comunidades online podem beneficiar todas as equipes da sua organização, como marketing, produtos, vendas, sucesso do cliente e suporte.

 

As comunidades são um recurso inexplorado que é fundamental para o crescimento de clientes mais felizes e a construção de produtos melhores.

 

As empresas que são lideradas pela comunidade são aquelas que centram suas decisões com base em sua comunidade.

 

Essas empresas procuram os membros de sua comunidade online para obter insights, feedback e inspiração.

 

Sua comunidade está disponível, mas cabe a você ativar o poder de seus usuários, campeões, colaboradores, criadores e clientes.

 

Incentive o envolvimento com seus membros criando espaços compartilhados para se conectar com seus membros.

 

Dimensione seus esforços elevando e ampliando seus super fãs e prove o impacto comercial de sua comunidade para as principais partes interessadas.

 

Os usuários que são membros da comunidade são clientes mais felizes e duradouros.

As comunidades B2B podem ter um impacto muito positivo em todo o ciclo de vida do cliente. Na fase de pré-venda, a comunidade pode responder às perguntas dos clientes potenciais e fornecer vitrines.

 

Para os clientes, a comunidade pode aumentar a satisfação do cliente, estimular a adoção de produtos e diminuir as solicitações de suporte.

 

Você também pode usar a comunidade para obter insights e desenvolver novos recursos. 

 

É por isso que a construção de uma comunidade no B2B está impactando muitos outros departamentos, desde o suporte ao cliente e marketing até o departamento de produtos.

 

5 - O que devo fazer pra criar uma comunidade B2B

 

É importante começar com uma estratégia claramente definida, encontrar maneiras de escalar seus esforços e criar metas mensuráveis.

 

Separamos 7 passos pra você tirar do papel sua comunidade B2B:

 

  1. Defina seu público-alvo: Identifique as empresas ou pessoas que você deseja que façam parte da sua comunidade online. Considere as suas necessidades e interesses, e como você pode fornecer valor para eles.

 

  1. Escolha a plataforma: Há muitas opções de plataforma para criar uma comunidade online, como redes sociais, fóruns, plataformas de discussão, entre outras. Escolha uma plataforma que atenda às necessidades do seu público e que seja fácil de usar.

 

5 Ferramentas que você pode usar na sua comunidade

 

  1. Crie uma estratégia de conteúdo: Crie um plano de conteúdo para a sua comunidade online, incluindo publicações regulares, discussões, eventos e outros conteúdos que possam interessar o seu público-alvo. Mantenha o conteúdo relevante e atualizado.

 

3 dicas de como criar um planejamento estratégico de comunidade

 

  1. Incentive a participação: Incentive a participação dos membros da comunidade através de perguntas, enquetes, fóruns de discussão, eventos online, e outras atividades que possam gerar engajamento.

 

  1. Fomente a colaboração: Crie oportunidades para os membros da comunidade colaborarem entre si. Isso pode incluir a criação de grupos de trabalho, mentorias, ou outras atividades que possam ser benéficas para todos.

 

  1. Monitore a comunidade: Monitore as interações na comunidade, incluindo comentários, perguntas e discussões. Responda a perguntas e comentários o mais rápido possível para demonstrar o seu compromisso com a comunidade.

 

  1. Meça o sucesso: Defina métricas para medir o sucesso da sua comunidade online, como número de membros, engajamento, participação, entre outros. Use essas métricas para avaliar o progresso e fazer ajustes na sua estratégia conforme necessário.

Como mensurar o resultado da sua comunidade

 

Criar uma comunidade online B2B pode ser um processo gradual, mas seguindo esses passos você pode criar uma comunidade forte e engajada que ajuda a aumentar o seu negócio.

 

Amanda Salim

Amanda é jornalista, especialista em comunicação digital e cofundadora da CM School.

 

Faça parte da nossa comunidade de profissionais de comunidade