O que são Brand Community e como construir uma?

estratégia gestão inspiração planejamento

Se você está procurando modos de fortalecer sua marca e ter melhores conversas com seus consumidores, precisa aprender a construir uma comunidade de marca.

 


Comunidades de marcas (ou brand community) reúnem seus clientes mais fiéis em um só espaço, o que é uma grande conquista para qualquer marca. Além disso, essas comunidades são divertidas porque seu público conversa com pessoas que pensam igual a você.

 

Para te ajudar a compreender melhor o que é precisamente uma comunidade de marca, porque ela é tão significativa para sua empresa e como construir uma comunidade que dará certo, fizemos este artigo para compartilhar com você.

 

Bora aprender?

 

O que é uma comunidade de marca?

 

Em termos mais simples, uma comunidade de marca mostra fidelidade à marca. As pessoas da sua comunidade de marca são envolvidas: elas comprarão da sua empresa, consumirão seus conteúdos, contarão a amigos e familiares a respeito dela e muito mais.

 

Mas uma comunidade de marca não é o mesmo que reconhecimento de marca?

 

No Way Reaction GIF

 

Não, só porque alguém reconhece ou compra da sua marca não significa que ela faz parte da sua comunidade de forma engajada, certo?

 

Em vez disso, a comunidade de marca equivale a pessoas que buscam todo o seu conteúdo nas redes sociais ou Google, que compartilham seus produtos e serviços com seus amigos e que adoram ver tudo o que sua marca faz.

 

Resumindo, uma comunidade de marca é um lugar onde as pessoas têm um laço com sua marca e podem se conectar umas com as outras.

 

Sacou?

Por que você deve construir uma comunidade de marca?

 

É importante entender que a comunidade da sua marca já existe nas redes sociais. É seu trabalho encontrar essa comunidade, conectar-se a ela diretamente e construir uma estratégia para que os indivíduos da comunidade interajam uns com os outros.

 

E você precisa fazer isso porque uma "Brand Community é uma ferramenta de negócios poderosa". 

 

 

Imagine ter um grupo de pessoas que usa frequentemente seus produtos/serviços e com quem você pode entrar em contato regularmente. Com este grupo, você pode testar novas amostras de produto, perguntar sobre lançamentos de recursos, compartilhar conteúdos de blog e coletar feedback para melhorias. 

 

Legal demais, né?

 

Para aprofundar um pouco mais, leia nosso texto sobre “Whatsapp e Telegram: qual é o melhor para sua comunidade?” 

 

A Brand Community pode ajudar sua marca a tomar decisões voltadas para o cliente e espalhar notícias positivas sobre seu negócio. Por isso, certifique-se de estar construindo uma comunidade forte que prospera e recompensa os membros da comunidade.

 

Agora, vamos para a melhor parte! Vamos falar sobre como você pode construir uma comunidade de marca de sucesso que seja mutuamente benéfica para sua marca e seu público. É o que todo mundo quer, afinal de contas.




Como construir uma comunidade de marca que prospera?

 

Já existem pessoas por aí que apreciam a sua marca. Agora é hora de reuni-los e construir um lugar para todos eles.

 

São vários os caminhos para construir uma comunidade de marca. No entanto, vamos guiar você por algumas etapas essenciais para te ajudar a definir as melhores estratégias.

 

1) Determine sua marca

 

 

Se você quer construir uma comunidade em torno de sua marca, você precisa saber o que ela é. Isso vai além do que sua empresa vende ou oferta.

 

Isso abrange sua missão, propósito da empresa, voz da marca e personalidade.

 

O que sua marca está tentando fazer? Quem está procurando ajudar? O que precisa ser conhecido?

 

É essencial que todas essas perguntas sejam respondidas antes da construção da comunidade. Quanto mais você mostrar do que se trata sua marca, mais se aproxima do público-alvo que está de fato procurando.

 

2) Defina a meta e as métricas da sua marca

 

 

Como falamos antes, as comunidades de marca são uma forma de você conseguir tomar decisões focadas no cliente. Mas você deve se perguntar como fazer isso. 

 

Vamos apresentar alguns exemplos de perguntas que você deve pensar para te guiar na direção certa ao desenvolver uma estratégia para a comunidade da sua marca.

 

 

 

3) Mostre que você sabe se posicionar com problemas sociais

 

 

Marcas que causam um impacto social na sociedade são especialmente eficazes. 

 

Se seus clientes compram um produto e sua empresa doa para as pessoas necessitadas a cada venda, essa é uma boa maneira de apoiar uma comunidade maior e, ao mesmo tempo, construir uma comunidade em torno da sua marca. Isso se chama ativismo de marca.

Consumidores estão olhando com bons olhos empresas que têm coragem de se posicionar e resolver assuntos urgentes e, ao mesmo tempo, delicados.  

 

Quer ver alguns bons exemplos?

 

  1. Heineken 

 

Foi o que a empresa Heineken fez no começo da pandemia, mesmo sabendo que estava tomando um posicionamento (fechamento dos bares) que poderia trazer consequências econômicas. 

 

 

Mauro Homem,diretor de comunicação da Heineken Brasil, diz: 

“Nós já tínhamos entendido a importância do isolamento social e começado a defender o “fique em casa”. Fizemos isso mesmo sabendo que os bares são o principal canal de vendas dos nossos produtos”

Muito bom, né? O mais legal é ver que empresas não apenas vendem produtos, elas têm um compromisso social com a sua comunidade. Por isso, os clientes estão cada vez mais tomando decisões com base no alinhamento de seus valores.

 

E essa foi uma discussão que já levantamos nesse artigo “5 cases de comunidades e sua relevância na sociedade.” Se ainda não viu, bora lá.

 

 

4)  Escolha uma plataforma de comunidade

 

 

Existem várias opções quando se trata de criar uma base da comunidade da sua marca.

 

Aqui vão alguns exemplos populares, bem como exemplos de sucesso para que você possa considerar algumas opções do que pode funcionar melhor para sua marca e seu público.

 

  1. Fórum

 

Um fórum é uma ótima maneira de uma comunidade poder falar sobre interesses comuns, sejam eles de modo direto sobre a marca ou não.

Veja a comunidade do Spotify, por exemplo. Como o Spotify é uma plataforma numerosa de streaming de música com um grande público, um fórum funciona perfeitamente para eles.

Seja para pessoas que estejam falando sobre a música que amam ou dividindo novos artistas ou playlist, os fóruns são uma ótima maneira para a marca do Spotify cultivar conversas em torno da sua indústria, com sua plataforma de streaming de música no centro dela.

 

 2. Plataformas de comunidades de terceiros

 

Não é raro que as marcas escolham usar plataformas de terceiros para ajudá-los a criar uma comunidade de marca.

 

As opções para isso incluem sites como Slack, onde você pode criar vários canais/tópicos 

para os membros da comunidade verificarem e começarem conversas.

 

 

5) Ofereça recompensas ou programas de afiliados para sua comunidade

 

Outra maneira de aprimorar a comunidade da sua marca é criando um programa que retribua seus clientes.

 

Um programa de recompensas usualmente oferece benefícios aos clientes regulares, e um ótimo modelo disso pode ser visto na Starbucks.

Cada vez que um membro do Rewards (recompensa em inglês) faz um pedido por meio do aplicativo Starbucks, ele ganha estrelas que se somam a recompensas, como café espresso, bebidas gratuitas ou alimentos.

 

Um programa de afiliados é outra forma de recompensar clientes leais, fãs ou advogados da sua marca que indicam clientes para sua empresa. Ao criar um programa que permite que esses clientes recebam um pagamento por cada pessoa indicada, você está construindo uma comunidade maior e melhor.

 

Legal, né? Qual membro de uma comunidade de marca não gosta de ganhar recompensas por sua fidelidade à ela?

 

Pronto para começar a construir sua própria comunidade de marca?

 

Use a mídia social e esses exemplos dados como um recurso valioso. Interaja com seus clientes de forma que eles se sintam especiais. Afinal, eles realmente são muito especiais.

 

Já leu nosso e-book sobre “10 passos para construir uma comunidade do zero?” 

Tenho certeza que vai contribuir no planejamento da sua Brand Community.

 

Baixe agora fazendo o cadastro na nossa plataforma, lembrando que o acesso é gratuito. Se ficou  com alguma dúvida, comente abaixo que a gente te ajuda.

 

 

 

Emiliano Agazzoni
Emiliano é especialista em estratégias para comunidades e desenvolveu o primeiro curso e workshop sobre estratégias de comunidades do Brasil.

 

 

 

 

 

 

 

 

Receba nossa newsletter semanal