Por que criar uma comunidade de nicho?

estratégia inovação planejamento

 Se voltássemos cinco anos ou mais no tempo, ouviríamos todos falando sobre como o Facebook é maravilhoso para o marketing e para a construção de comunidades de nicho. Qualquer pessoa influente/marca tinha um grupo no Facebook, que era visto como o auge da construção de uma comunidade online.



Como os tempos mudaram...

 

Por várias razões, incluindo questões de privacidade de dados (lembra do escândalo de uso político de dados que derrubou o valor do Facebook e o colocou na mira de autoridades?) e algoritmos, o alcance do marketing no Facebook caiu.

 

Portanto, se você deseja construir uma comunidade de nicho online, como fazer uma e a quem recorrer?

 

Não se preocupe. Nós te ajudaremos a entender o que constitui uma boa comunidade de nicho, por que elas estão se preparando para o futuro do marketing online e crescimento dos negócios.



O que são comunidades de nicho?

 

Para ajudar você a descobrir o que uma comunidade de nicho significa, basta pensar que é como um clube ou grupo de pessoas com interesses específicos em comum.

 

 

Por exemplo, um de filmes antigos pode ir a uma exibição de cinema para desfrutar de sua paixão, enquanto pode se juntar a uma comunidade de nicho online para compartilhar e discutir filmagens raras.

 

Há uma lista interminável de ideias de nichos e subnichos de comunidades. Por exemplo, o nicho de “música” pode ser dividido em dezenas de subnichos. 



Por que criar sua própria comunidade de nicho?

 

Há um motivo principal para criar sua própria comunidade de nicho, em vez de confiar nos grupos do Facebook.

 

Ao fazer isso, você não se sujeita às regras e políticas daquela rede social, por exemplo, e acaba se destacando na multidão.

Um bom nicho de mercado pode te render os primeiros clientes e ajudar sua empresa a ter estabilidade financeira rapidamente.

 

Ainda existem relativamente poucas empresas com suas próprias comunidades de nicho, mas isso está mudando rapidamente.

 

Então, por quais outros motivos as pessoas estão tão interessadas em criar suas próprias comunidades de nicho?

 

1) Gerar mais engajamento

 

Com sua própria comunidade de nicho, você tem a vantagem de se comunicar mais com seus membros e criar novas oportunidades de engajamento.

Por exemplo, algumas plataformas de comunidades permitem que você transmita conteúdo ao vivo para membros, bem como enviar notificações.

Isso significa que você pode notificar a todos sobre uma próxima transmissão ao vivo e, em seguida, entregar seu conteúdo diretamente aos espectadores que podem interagir com você em tempo real.

 

 

2) Aumentar a confiança e lealdade

 

As pessoas estão cada vez mais desconfiadas dos meios de comunicação sociais. Uma pesquisa de 2018 revelou que 9% das pessoas fecharam suas contas no Facebook naquele ano, com mais 35% relatando que estão usando a plataforma cada vez menos. 

 

Os sites e aplicativos de comunidades de nicho, por outro lado, estão crescendo em popularidade a cada ano, absorvendo os estimados 2 milhões de usuários que o Facebook está perdendo anualmente. 

 

Parte da razão para isso é que as pessoas confiam mais em comunidades menores e independentes do que em grandes comunidades controladas pelas mídias sociais.


3) Promover mais rentabilidade 

 

Além de agregar valor e diversão às vidas dos membros, as comunidades de nicho também podem ser altamente lucrativas para os indivíduos e empresas que as administram.

 

Um estudo da Universidade de Michigan revelou que os clientes gastam em média 19% a mais quando ingressam em uma comunidade de nicho pertencente a uma empresa, em comparação com grupos de mídia social semelhantes em plataformas como o Facebook.

 

Você também pode explorar um novo conceito chamado “passion economy”. Isso significa monetizar o desejo das pessoas de aprender mais e desenvolver habilidades em suas áreas de interesse ou paixão.

 

Por exemplo, um professor de basquete pode criar uma área privada para membros premium para um curso intensivo de “tornando-se um treinador de basquete” com sessões semanais de treinamento em grupo. 

 

 

4) Construir a imagem da marca

 

Se você é um solopreneur (pessoas que tocam um negócio próprio sem ajuda de um sócio ou mesmo de funcionários) ou tem uma empresa com funcionários, criar uma comunidade de nicho permite que você personalize a experiência que seus membros vão obter.

 

Você pode incorporar logotipos, imagens de marca, esquemas de cores, fontes e temas que correspondem à sua marca. Isso ajuda você a se destacar da multidão e a construir sua credibilidade.

 

O processo de construção e crescimento de comunidades de nicho ficou felizmente muito mais fácil nos últimos anos.

 

 

Já pensou em criar algo assim?

 

Lembre-se que a CM School está aqui para ajudar no que for preciso para implementar a construção de comunidades dentro da sua empresa. Faça o cadastro para entrar na nossa plataforma totalmente gratuita para ter acesso a videoaulas e e-books totalmente gratuitos. 

 

 

 

Amanda Salim
Amanda é jornalista, cofundadora da CM School e Head of Community for Latam no Mercado Favo.





Receba nossa newsletter semanal