Conheça 5 comunidades de mulheres empreendedoras

 

Nesse artigo vamos te mostrar 5 comunidades fundadas e lideradas por mulheres pra você conhecer, se inspirar e participar. 

 

São 5 comunidades nacionais e internacionais, com diferentes temas, como:

 

  • Empreendedorismo feminino
  • Maternidade
  • Jogos
  • Tecnologia

 

1 - LadiesBrunch (internacional)

 

Fundada em 2009 na Argentina por Marina Ponzi, a LadiesBrunch é a primeira comunidade de mulheres empreendedoras daquele país.

 

 

Trata-se de uma comunidade composta por 70.000 mulheres empreendedoras que buscam crescer, se conectar e causar um impacto positivo. Hoje, a comunidade está em 15 cidades e 6 países.

 

O objetivo dessa comunidade é criar uma rede para que nenhuma mulher se sinta sozinha ao iniciar um negócio e garantir que as mulheres participem e sejam líderes no mundo empresarial.

 

É uma comunidade presencial e virtual, com espaços de networking, composta por milhares de mulheres, com cursos e ferramentas necessárias para empreender e ter sucesso.

 

2 - Mommys (nacional)

 

Fundada em 2010, quando a empreendedora e community builder Mariana Bicalho, fundadora da comunidade, estava grávida do seu primeiro filho e sentiu a necessidade de compartilhar as informações sobre a gestação e a maternidade.

 

Mommys é uma comunidade materna que tem como objetivo aliviar os desafios que chegam com a maternidade, acolhendo e conectando mães através de eventos, conteúdos, trocas de experiências e sentimento de pertencimento pra que possam viver a maternidade de modo mais leve. 

 

A comunidade Mommys começou com uma despretensiosa troca de e-mails entre amigas para falar sobre maternidade. Logo após migrar para o Facebook, entretanto, a comunidade cresceu e já tem mais de 8.000 mães. 

 

Hoje, a Mommys é considerada pelo Facebook como uma das 100 comunidades de maior impacto no mundo e é a única comunidade brasileira que já recebeu aceleração e investimento do próprio Facebook entre 2018 e 2021.

 

3 - Black Girl Gamers (internacional)

 

Uma comunidade gamer composta por mulheres negras.  A comunidade foi fundada em 2015 por Jay-Ann Lopez em um pequeno grupo do Facebook. 

 

A Black Girl Gamers foi crescendo com o passar dos anos e hoje conta com mais de 8.000 mulheres negras em todo o mundo. Está presente no LinkedIn, Facebook e Instagram.

 

A Black Girl Gamers vem colaborando pra mudanças em toda a indústria de jogos. 

 

A comunidade já fez parceria com grandes marcas como Google, Facebook e Netflix a fim de aumentar a influência, representação e experiência das mulheres negras nos jogos eletrônicos. 

 

4 - WoMakersCode (nacional)

 

A maior comunidade de mulheres na tecnologia da América Latina. 

 

Fundada em 2015, no Rio Grande do Sul, pela Cynthia Zanoni, engenheira de software, a comunidade apoia mulheres (cis ou trans), que desejam ingressar ou se especializar em carreiras ligadas à tecnologia e inovação, a terem oportunidades de capacitação e empregabilidade.

 

Dentro da comunidade você encontra:

 

  • Uma plataforma brasileira gratuita de treinamentos para mulheres na tecnologia, com cursos sobre Computação em Nuvem, Segurança, DevOps, Programação, Ciência de Dados e muito mais.

 

  • Bolsas de estudos em programas de até 6 meses de duração, nas áreas de programação, ciência de dados ou product management

 

Vale conhecer!

5 - Mulheres que decidem (nacional)

 

Esta é uma das maiores comunidades de empreendedorismo do Brasil com foco em mulheres empreendedoras. 

 

Fundada pela Priscilia Queiroz, em 2013, a comunidade é voltada para mulheres empreendedoras que decidem se capacitar, contribuir, se desenvolver e absorver conteúdos em diversos formatos.  

 

Dentro da comunidade você encontrar:

 

  • lives
  • artigos
  • textos
  • vídeos
  • podcasts
  • diversas ferramentas
  • histórias inspiradoras
  • cursos de aperfeiçoamento relacionados ao dia a dia da mulher empreendedora.  

 

O objetivo da comunidade é conectar mulheres empreendedoras com os mesmos objetivos e interesses pra fortalecer e gerar contribuição saudável entre as micro e pequenas empresas lideradas por mulheres de todo o Brasil.

 

Como vimos, as mulheres estão cada vez mais unidas, seja na área de tecnologia, jogos, empreendedorismo e maternidade. As comunidades compostas por mulheres empreendedoras vem crescendo cada vez mais, o que nos deixa muito, muito felizes!

 

No CM Summit 2022, o primeiro e maior evento exclusivo sobre comunidades e engajamento, vamos falar sobre as comunidades de mulheres e a sua importância em um painel liderado por 4 mulheres empreendedoras.

 

 
Marina Ponzi, fundadora da LadiesBrunch, a comunidade mencionada acima, também estará no CM Summit e irá falar sobre engajar e impactar milhares de membros. 

 

O evento vai rolar nos dias 07, 08 e 09 de novembro, em São Paulo. 

 

Clique no link abaixo e garanta seu ingresso!

 

CM Summit 2022

 

 

Gabriela Montezi
Gabriela é analista de marketing digital da CM School, apaixonada pelo mundo digital e por criar conteúdos.

 

Receba nossa newsletter semanal