CM Summit

Como construir uma comunidade segura no WhatsApp

ferramentas gestão notícias planejamento
whatsapp

 

O uso da ferramenta WhatsApp Comunidades veio pra melhorar e facilitar as nossas vidas. 

 

Inclusive, nesse artigo abaixo te mostramos como funciona essa ferramenta. 

 


Como funcionam as comunidades no WhatsApp


 

Mas como nem tudo são flores, existem alguns riscos que você deve ficar atento pra proteger você e a sua comunidade.

 

Nesse artigo, vamos falar sobre a importância da segurança e da privacidade pro bem-estar da sua comunidade. 

 

Saiba como manter sua comunidade segura e proteger a privacidade dos membros ao gerenciar grupos e conversas e incentivar as pessoas a usar os recursos de segurança e privacidade do WhatsApp.

 

  • O que é privacidade e segurança da comunidade

 

A segurança é essencial pra promover o bem-estar. Quando as pessoas se sentem seguras dentro de uma comunidade, é mais provável que elas sintam mais vontade de participarem e tenham a sensação de pertencimento. 

 

A segurança da comunidade pode ser ameaçada quando os membros são expostos a conteúdos ou comportamentos prejudiciais, quando o grupo sente que não há privacidade ou quando as informações pessoais são compartilhadas sem consentimento.

 

Suas mensagens pessoais, fotos, vídeos, mensagens de voz, ligações e documentos estão protegidos com a criptografia de ponta a ponta. Use os recursos de segurança e privacidade do WhatsApp para proteger você e os membros da comunidade. 

 

  • Quais os perigos que existem e como proteger sua comunidade 

 

Os membros das Comunidades do WhatsApp têm acesso à lista e aos números de membros do grupo. 

 

Pra proteger a privacidade das pessoas, você pode ocultar a lista de membros do Grupo e dessa forma, só vai ficar visível para os administradores da comunidade.

 

Você, como gerenciador da comunidade, deve ficar atento a conteúdos que:

 

  • Violem, apropriem-se indevidamente ou infrinjam os direitos dos usuários ou de outros, incluindo privacidade, publicidade, propriedade intelectual ou outros direitos de propriedade;
  • Sejam ilegais, obscenas, difamatórias, que ameacem, intimidem, assediem, façam discurso de ódio, ou ofensas raciais ou étnicas;
  • Instiguem ou encorajem condutas ilegais ou inadequadas, como promover crimes violentos, colocar em perigo ou explorar crianças ou outras pessoas, ou coordenar atos perigosos;
  • Envolvam a publicação de declarações falsas ou enganosas;
  • Envolvam pessoas que se passam por outras;
  • Envolvam mensagens automáticas, em massa ou ligações automáticas.

 

Outra preocupação é com o hacker. Verifique se você e os membros conhecem as funcionalidades de segurança e privacidade que o WhatsApp oferece para se protegerem contra hackers. 

 


Passo a passo pra criar uma comunidade usando o WhatsApp Comunidades


 

Ter muito cuidado, pois hackers podem tentar invadir as contas e compartilhar informações não confiáveis ou adicionar e remover membros. 

 

Pra evitar problemas como esse, você pode ensinar aos membros a proteger as próprias contas e lembrá-los de não compartilhar informações da comunidade com pessoas estranhas para limitar o risco de expor e prejudicar a comunidade.

 

Pra isso você pode:

 

  • Usar o recurso de verificação em duas etapas do WhatsApp para proteger as contas. Confira o vídeo abaixo e aprenda a fazer isso na prática:

 


 

  • Não compartilhar informações sensíveis e pessoais, como e-mail ou endereços físicos;
  • Não pedir a ninguém para compartilhar informações pessoais;
  • Manter a privacidade dos dados pessoais e as imagens de outras pessoas ao não compartilhar sem o devido consentimento.

 

Relembre os membros de que podem usar os recursos adicionais de privacidade, como as mensagens temporárias e a visualização única, sempre que compartilharem informações pessoais nos grupos. 

 

Também é uma boa ideia incentivar os membros a saberem mais sobre como manter a segurança no WhatsApp ao usar as ferramentas e os recursos que desenvolvemos para garantir a segurança e a privacidade dos usuários.

 

A ferramenta do WhatsApp Comunidades fornece uma camada adicional de privacidade. Os usuários não podem encontrar uma comunidade online sozinhos, é preciso um convite para participar. 

 


Como engajar sua comunidade do WhatsApp


 

Coordene com a comunidade e os administradores do grupo para adicionar membros à comunidade por motivos certos. Porque ter pessoas que não estão alinhadas com o objetivo da comunidade ou que têm más intenções pode diminuir o valor dela para os membros, ou abrir a comunidade para assédio, fraudes ou outros perigos.

 

É importante para você administrar e controlar ativamente como os grupos e os membros podem entrar e interagir com outros grupos na sua comunidade. Cada comunidade pode ter no máximo 50 grupos além do Grupo de avisos. 

 

Desta forma, supervisione a criação dos grupos para garantir que apenas os relevantes estejam conectados à sua comunidade. 

 

Como você pode convidar grupos e membros para entrarem em uma comunidade usando links de convite, tome cuidado com os lugares que você envia os links de convite. Nunca envie links em páginas da web públicas. 

 

Preste atenção se há sinais de potencial conflito, assédio, bullying e conteúdo prejudicial, e reforce as regras da comunidade de maneira consistente. 

 

Lide com as situações rapidamente, exclua mensagens inadequadas ou não confiáveis (mantenha a mensagem pressionada), bloqueie, denuncie e remova grupos e membros problemáticos, se for preciso.

 

O próprio WhatsApp limita o encaminhamento de mensagens para diminuir a propagação de boatos, mensagens virais e notícias falsas. Você pode encaminhar uma mensagem para até cinco conversas de uma vez, mas se ela já tiver sido encaminhada, só será possível encaminhar novamente para um grupo de cada vez.

 

Caso você veja conteúdo ou um comportamento preocupante em que você ou qualquer pessoa na sua comunidade esteja em perigo, você pode - e deve - entrar em contato com o serviço de emergência local.

 

Em resumo, vimos que pra manter sua comunidade segura, você deve:

 

  • Sempre reforçar as regras da comunidade e esteja em conformidade com as Políticas do WhatsApp;
  • Compartilhar as práticas recomendadas para segurança online com os membros e incentive-os a usar os recursos de segurança e privacidade do WhatsApp;
  • Trabalhar em conjunto (caso tenha outros administradores) para controlar como os membros e os grupos entram para a comunidade;
  • Acompanhe e lide rapidamente com membros e conteúdos problemáticos.

 

Com esses cuidados, você terá uma comunidade engajada e protegida onde todos os membros se sentirão seguros. 

 

E aí, bora tirar a comunidade do papel?!

 

Emiliano Agazzoni
Emiliano é o maior especialista em estratégias para comunidades do Brasil e desenvolveu o primeiro curso e workshop sobre estratégias de comunidades do país antes de fundar a Community Manager School.

 

Faça parte da nossa comunidade de profissionais de comunidade